RecursosPlanosQuem SomosParceirosBlog

Marketing

SEO para E-commerce: dicas fáceis e práticas que melhoram sua posição no Google

Christianne Bajon

Por: Christianne Bajon

Atualizado há 2 anos

Imagina ter um e-commerce bem estruturado, com o planejamento ajustado, a estratégia certa, integrações essenciais funcionando bem, mas ele não aparece nas primeiras posições do Google, ou de algum outro buscador. 

Muito frustrante, não é mesmo? Principalmente quando o tráfego orgânico de um e-commerce pode representar 75% dos acessos. 

De acordo com um estudo da Web Estratégica em parceria com a SEMrush, as duas maiores fontes de visitas para os e-commerces são: tráfego direto e orgânico. Isso acontece pelo fato de as marcas analisadas serem conhecidas do público, então, mais de 50% das visitas acontecem de forma direta. 

Mas quando olhamos para o tráfego orgânico, ele representa 38% das visitas - o que já é bastante. Vale destacar também que, para as lojas virtuais menores, o Google pode representar até 75% do tráfego.

Ou seja, considerando que o tráfego do seu site é a quantidade de pessoas que podem virar clientes, as buscas orgânicas são fundamentais para o seu e-commerce conquistar bons resultados.

A forma de aparecer nos primeiros resultados do Google e aumentar as vendas é investindo em SEO para e-commerce

Neste conteúdo, vamos listar algumas dicas fáceis e boas práticas para melhorar a posição da sua loja virtual. Confira a seguir!

O que é SEO para E-commerce?

Antes de falar sobre aspectos mais práticos, é válido explicarmos um pouco deste conceito.

SEO é a sigla de Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de pesquisa, em português. Ele tem o objetivo de melhorar a posição orgânica de um site nos resultados dos mecanismos de busca.

Sendo assim, o SEO para e-commerce é quando as técnicas de otimização são adaptadas ao contexto e aplicadas a lojas virtuais. As otimizações vão desde o planejamento à implementação, gerando assim mais reconhecimento de marca, aumento de tráfego e, por consequência, mais vendas.

Estas melhorias com foco em SEO podem ser realizadas por meio de diferentes formatos e em diferentes ambientes de um site. Por exemplo, em aspectos técnicos, no conteúdo, na usabilidade e até mesmo em ações externas, por meio de ações de branding, PR e assessoria de imprensa.

Agora vamos ao que interessa, conhecer o que pode ser feito para melhorar a posição do seu e-commerce no Google.

Dicas práticas de SEO para e-commerce

Faça pesquisas de palavras-chave

A palavra-chave é por onde o usuário vai chegar até o seu e-commerce. Por exemplo, se o consumidor procura um tênis de corrida para comprar, ele vai usar termos relacionados a este produto na barra de busca. 

Então, se você vende esse tipo de produto, precisa usar a palavra-chave certa nas suas páginas para o consumidor encontrar o produto que deseja no seu e-commerce. A escolha das palavras-chave deve acontecer a partir de uma pesquisa e análise a partir de ferramentas como:

Quando você faz esse estudo e identifica as palavras que representam as intenções de busca do consumidor, é importante usá-las de forma estratégica no conteúdo. O ideal é que a palavra-chave apareça no título, na meta descrição, na descrição do produto e na URL.

Dica de ouro! Outra forma interessante de encontrar as palavras-chave certas é utilizando o próprio Google. Isso porque, sempre que fazemos uma pesquisa, lá no final da página de resultados o Google apresenta um campo com as pesquisas relacionadas.

Nele você vai encontrar outras formas utilizadas pelos usuários para pesquisar sobre o produto. Confira o exemplo para a pesquisa “tênis de corrida”:

Seo-e-commerce

Melhore os títulos das páginas

Depois de definir as palavras-chave, você vai precisar usá-las nas suas páginas do seu e-commerce de forma inteligente, para que o Google entenda o assunto principal de cada uma.

O título, também conhecido como tag <title>, é o carro-chefe do SEO On Page, então a palavra-chave precisa aparecer nele. Vamos continuar no exemplo do tênis de corrida, a página deve ter em seu título a palavra “tênis de corrida”, acompanhada da marca, modelo e mais algum destaque do produto. 

Exemplo: Tênis Nike Revolution 6 Next Nature Masculino - Preto+Branco | Netshoes

Lembre-se de usar entre 30- 65 caracteres, que é o indicado pelo Google.

Atenção as URLs

Outro ponto importante no SEO para e-commerce é otimizar as URLs. Isso significa deixá-las mais simples para facilitar o processo de rastreamento do Google, indexação das páginas e ranqueamento. Confira um exemplo:

  • seuecommerce.com.br/tenisOMAUISHAKWMNSU20%NIKE%
  • seuecommerce.com.br/tenis/tenis-de-corrida/tenis-masculino-tecido-nike-ref3

O primeiro link pela URL não dá nem para saber qual o produto anunciado na página. Já o segundo é considerado uma URL amigável, que mostra claramente qual é o produto e inclui a palavra-chave.

Otimize a descrição dos produtos

A descrição dos produtos no e-commerce, além de ser importante para aumentar as taxas de conversão do visitante que chega até a página, também ajuda no SEO. Principalmente quando a descrição é completa e criativa, para chamar a atenção do consumidor. 

Por isso, use o texto padrão enviado pelo fabricante só como base e escreva algo novo. Lembre-se o Google penalizar plágios, então nada de copiar e colar!

Use imagens de qualidade

O Google também “lê” imagens. Então, use fotos no seu e-commerce sejam de qualidade e originais. Essa boa prática também ajuda a melhorar a experiência do cliente e aumenta a taxa de conversão.

Além da qualidade, também é importante investir em boas legendas e alt text, que é uma breve descrição do recurso visual inserida no código da imagem para facilitar o trabalho do Google.

Foque no mobile

De acordo com a Mobile Time em parceria com a Opinion Box, 81% dos brasileiros fizeram, pelo menos, uma compra pelo celular no mês de abril de 2022. O dado mostra o tamanho da participação do mobile nas vendas do e-commerce. Além disso, a experiência do usuário e a responsividade é um dos fatores de ranqueamento no Google. Então, é muito importante garantir que o seu site de vendas se adapte a qualquer tipo de dispositivo. 

Investir em SEO para e-commerce é sem dúvida um dos pilares para o sucesso de uma loja virtual e você colherá bons frutos adotando estas boas práticas.

Vale lembrar que existem outros pontos tão fundamentais quanto o SEO e que se complementam para uma gestão de alta performance em seu e-commerce. Entre eles está a extração e análise de inteligência de dados, pois a partir delas você consegue coletar os dados certos e interpretá-los, a fim de ter uma visão unificada de como está o negócio e tomar as decisões certas.

Clique AQUI, faça um TESTE GRÁTIS e saiba como podemos revolucionar sua forma de lidar com os dados através de dasboards, gráficos, tabelas e relatórios totalmente personalizáveis para seu e-commerce.

Veja como a PlanD pode aumentar os resultados do seu e‑commerce

Teste grátis por 7 dias. Não é necessário cartão de crédito